Páginas

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Profissão Repórter contextualiza queda de prédio em SP



Olá, internautas

O “Profissão Repórter” retornou em alta à programação da TV Globo neste ano. O jornalístico liderado por Caco Barcellos preza pelo bom jornalismo. Transforma as estatísticas em retrato humano. Sem sensacionalismo.  

Nesta quarta-feira (02/05), a atração derrubou a pauta prevista sobre a crise da imigração Venezuela para destacar outro drama que entristece a capital paulista. O incêndio e eclosão do Edifício Wilton Paes de Almeida localizado na região central da cidade de São Paulo ganhou destaque nas reportagens dos jovens jornalistas.

A equipe do jornalístico entrevistou os moradores que continuam ao relento no Largo do Paissandu. Além disso, o programa contextualizou a tragédia com a absoluta falta da política habitacional da Prefeitura de São Paulo.

Aliás, duas declarações concedidas ao SPTV servem para reflexão. O governador “substituto” Marcio França, que sonha com a reeleição, comentou, em tom de "lamúria", que os sem-teto preferem morar no centro. Ele preferia despejá-los na periferia? E o que falar do prefeito, também substituto, Bruno Covas que frisou que a Prefeitura fez tudo dentro de seus limites?

“Profissão Repórter” resgatou o seu arquivo do ano passado para relembrar os incêndios que afetam as favelas em toda a capital paulistana. Neste último ano, em meio a cinzas e sem apoio governamental, os moradores de Paraisópolis tiveram que reconstruir seus barracos, até mesmo em áreas de risco. O jornalístico também acompanhou a saga dos sem-teto que seguem de ocupação em ocupação pela metrópole.  

A queda do prédio é um símbolo da decadência da política habitacional. “Profissão Repórter” contextualizou com competência o flagelo que assola milhões de brasileiros.

Fabio Maksymczuk

10 comentários:

  1. Sobre o incêndio e o desmoronamento do prédio em São Paulo, até quando vão chamar essas invasões de “movimentos sociais”?. Na verdade, mais se assemelham a milícias que exploram famílias carentes, cobrando-lhes aluguéis que chegam a R$ 500, tendo todo o poder sobre eles, ameaçando-lhes de “despejo” quando assim decidem. Que fique bem claro: o mal que podem provocar com essa atuação duvidosa de viés político partidário. Esse incêndio ocorrido no dia 1º de maio soa como uma advertência que precisa ser levada a sério para não tomar proporções maiores. Foi isso que aconteceu no Rio de Janeiro, nos morros da cidade. Todos sabem que a solução é muito complexa e difícil de ser resolvida definitivamente por ser consequência de um problema social grave, como a imigração e a grave crise de que fomos acometidos pela irresponsabilidade de governos populistas que prometem muito, mas nada fizeram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Prefeitura de São Paulo tirou a política habitacional de suas prioridades há muitos anos. O centro da metrópole está completamente abandonado. Abs

      Excluir
  2. Bem-vindo ao Blogger, Fábio! Enfim deu tempo de comentar neste novo espaço o/ O UOL BLOG já vai tarde!
    E esta semana foi marcada pela tragédia do desmoronamento do prédio, que parecia anunciada diante da calamidade e insegurança que se encontrava. Hoje encontraram o corpo daquele homem que estava sendo resgatado quando tudo veio abaixo. Como o Sherlis disse, que isso sirva de advertência a qualquer autoridade pública. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Aliás, já faz anos que o centro de São Paulo virou um lixo, morei lá na década de 80/90, e o largo do Arouche por exemplo, já era reduto de bandidos e pontos de venda droga.É lamentável que uma metrópole tão desenvolvida esteja entregue às mãos do descaso.
    Bom dia e bom findi!
    Grata pela passagem lé no meu blog.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o centro deveria ser muito mais valorizado. Bjs

      Excluir
  4. Oi Fábio, tudo bem? Bem-vindo ao Blogger, como disse o Jean Marcos, agora de maneira definitiva. É estranho mudar, mas não me arrependo de ter deixado o UOL Blogs, há dois anos, em busca de mais recursos para o meu espaço, e fiquei muito satisfeito com o Blogspot, e acredito que você também ficará. Sobre o post, o Profissão Repórter é um dos raros programas que conseguem se manter relevantes mesmo depois de anos no ar. Excelente programa! Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olá Fábio ! Bem vindo ao novo espeço . Você vai gostar das opções aqui ofertadas . Quanto ao texto , vc terminou bem "A queda do prédio é um símbolo da decadência da política habitacional. Que não seja apenas mais uma tragédia caindo no esquecimento . Mas que se adote políticas públicas para solucionar o problema da moradia de tantos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Começo a compreender um pouco mais sobre o blogspot. Bjs

      Excluir