Páginas

segunda-feira, 7 de maio de 2018

SBT acerta em extinção do Quem Não Viu Vai Ver



Olá, internautas

Neste domingo (06/05), o SBT estreou “Poder em Foco”, sob comando de Débora Bergamasco.  O novo programa tirou do ar “Quem Não Viu Vai Ver” que resgatava, do fundo do baú, algumas atrações do arquivo do canal. Uma espécie de faixa do VIVA sbtista.

Com a migração do Conexão Repórter para as noites das segundas-feiras, criou-se um buraco tapado pelo “QNVVV”. Porém, é um horário muito especial da grade de programação., já que herda índices expressivos de audiência do Programa Silvio Santos.

Além disso, esta faixa da meia-noite do SBT tem um bom histórico recheado por programas interessantes, seja com o “De Frente com Gabi”, de Marilia Gabriela, ou “Dois a Um” com Monica Waldvogel. Por isso mesmo, era um desperdício o desenterro de atrações finadas por ali.   

“Poder em Foco” é uma mistura do “Canal Livre”, concorrente direto da Band, e o “Roda Viva”, da TV Cultura. Jornalistas na bancada e também através de vídeos gravados (não somente do SBT, mas também de outros veículos de comunicação) entrevistam uma personalidade do mundo político. Debora lidera o bate-papo. O presidente Michel Temer foi o primeiro entrevistado.

A entrevista ocorreu em um clima enfadonho, principalmente pelas próprias características do emedebista. E esse é o grande desafio da nova aposta da emissora de Silvio Santos. Há um número limitado de políticos que despertam algum interesse maior no telespectador.

O ideal teria sido a criação de um programa com amplitude maior de entrevistados. Jô Soares ajustaria perfeitamente nesta faixa horária. Fica a dica.

Fabio Maksymczuk

4 comentários:

  1. Também acho, Fabio. Achei o formato interessante.

    ResponderExcluir
  2. bom formato do programa parece ser bem produzido e dirigido !

    ResponderExcluir